Natal

Clique para ver o conteúdo de cada um dos destaques.

Praias

O litoral potiguar possui mais de 400 km de belas praias, divididas em praias mais agitadas e inclusive paradisíacas. Com uma típica paisagem de encher os olhos de turistas e visitantes, a cidade do sol, foi privilegiada com tantos atrativos naturais.
Saiba mais

Ponta Negra - Litoral Sul

Uma das praias mais conhecidas da cidade. Possui ótima infra-estrutura de hotéis, pousadas e restaurantes, além de ser palco dos mais badalados agitos noturnos de Natal. É lá que está o Morro do Careca, uma formação de areia e vegetação que possui 120m de altura. A área foi cercada para evitar subidas e, conseqüentemente, a descida da areia, medida que garante a preservação de um dos principais cartões-postais da cidade.

Genipabu - Litoral Norte

Conhecida, principalmente, pelas fortes emoções que seus passeios pelas dunas proporcionam, Genipabu é a união da aventura à belas paisagens. Para quem gosta de adrenalina, os passeios de buggy são uma boa pedida. Já, aqueles que gostam de curtir uma visão paradisíaca, a melhor opção são os passeios de dromedários. Também há o "aerobunda" e o "esquibunda" que oferecem, no mínimo, muita euforia. E já que você está lá não custa visitar a bela Lagoa de Genipabu, considerada um verdadeiro oásis em meio às dunas. A água cristalina e tranqüila é ótima para relaxar depois de um dia agitado.

Maracajaú - Litoral norte

Bem mais que uma simples praia, Maracajaú é uma vila que ainda preserva suas tradições. Faz parte da Área de Proteção Ambiental (APA) por causa do conjunto de corais em sua costa, os chamados "Parachos de Maracajaú". As águas mornas são convidativas para um relaxante mergulho e para quem desejaconhecer de perto a fauna e flora do lugar.

Pipa - Litoral sul

Eleita pelo Guia 4 Rodas como uma das 10 mais belas praias do Brasil, Pipa é perfeita para quem busca badalação e aventura. Descoberta pelos surfistas, hoje ela não é só procurada para a prática do surf, oferece, ainda, opções como o kitesurf e o sandboard. Além disso, possui restaurantes, lojas de artesanato, barzinhos e pousadas aconchegantes para acolher aos visitantes.

Patrimônios Ambientais

O Rio Grande do Norte é um estado muito rico em fauna e flora. Aqui você encontra diversos patrimônios ambientais. Realmente, a natureza caprichou em terras potiguares.
Saiba mais

Parque das Dunas

Primeira unidade de conservação ambiental implantada no Rio Grande do Norte ocupa uma área de, aproximadamente, 1.172 hectares de mata atlântica.Possui trilhas, nas quais podem ser observados exemplos da fauna e da flora nativa. Além disso, possui um centro de pesquisas, oficina de educação e artes, parque infantil e centro de visitantes com biblioteca, auditório, lanchonete e enfermaria. O parque oferece também atividades de ecolazer, excelente oportunidade para praticar esportes em contato com a natureza. Aos domingos, acontece o Projeto Som da Mata, que promove shows com artistas locais.

Parque da Cidade

O Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte ocupa 64 hectares, localizado entre os bairros de Candelária e Cidade Nova, em Natal/RN. Projetado pelo arquiteto mundialmente conhecido Oscar Niemeyer, a primeira Unidade de Conservação Municipal objetiva preservar uma das principais áreas de recarga de água subterrânea da capital potiguar, constituindo uma das mais belas paisagens dunares do Rio Grande do Norte. Sua estrutura abrange dois estacionamentos (Leste-Oeste), dois pórticos de entrada, cinco trilhas pavimentadas (6,5 km), quatro unidades de descanso, quatro baterias de banheiros, biblioteca, auditório, centro de educação ambiental, um monumento com doze andares, constituindo memorial da cidade e mirantes.

Cajueiro de Pirangi

O maior cajueiro do mundo, que possui uma copa de 8.400m2 e chega a produzir cerca de 80 mil cajus por safra, possui uma anomalia genética que faz com que seus galhos cresçam para baixo e ao atingir o solo criem raízes e continuem crescendo. O local possui um mirante com, aproximadamente, 6m de altura para quem deseja ver a copa da árvore. Há lojinhas de artesanato e passeios com guias que falam inglês e espanhol.

Patrimônios Histórico-Culturais

Com uma rica e envolvente história de luta e desbravadores, Natal foi palco de algumas das mais importantes etapas da história brasileira. Nossa história de luta transparece em nossos monumentos e população.
Saiba mais

Forte dos Reis Magos

Localizado próximo ao Rio Potengi, o forte, que já foi ocupado pelos holandeses no século XVII, é o monumento mais visitado do estado. Tombado pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional serve de museu e possui uma vista encantadora. Foi eleito pela revista Caras como uma das sete maravilhas do Brasil.

Barreira do Inferno

Localizada no alto de uma falésia avermelhada, foi a primeira base para lançamentos de foguetes da América Latina. Hoje, realiza trabalhos de pesquisa espacial para a Aeronáutica e recebe visitantes com horário marcado.

Rua Chile

Localizada na Ribeira, era uma das principais ruas da cidade no século XIX. Seus prédios constituem valor histórico e cultural e integram a Zona de Preservação Histórica da cidade. Possui vários bares, restaurantes e abriga várias atividades ligadas à cultura.

Eventos

Como toda cidade turística, Natal disponibiliza diversos eventos populares ao longo de todo o ano. O carnatal, evento conhecido mundialmente é um deles. Entre tantas opções fica bem difícil de escolher em qual balada ir.
Saiba mais

Carnatal

Para quem gosta de folia, como é dito por aqui, o Carnatal, carnaval fora de época, é a melhor escolha. A festa acontece desde 1991 e conta com a participação de bandas de axé, que embalam a noite dos foliões. Mas, se você prefere curtir um programa mais tranqüilo, o FestNatal, Festival de Cinema de Natal, é uma ótima opção.

O evento acontece após o Carnatal e promove exibições de vídeos locais e nacionais, mostras competitivas, além de atividades culturais, como apresentação de grupos de teatro de rua, corais, orquesras de violino, entre outros, em vários locais da cidade.

Aliás, evento bom em dezembro aqui é o que não falta. No início do mês acontece o ENE (Encontro Nacional dos Escritores), o Natal em Natal (com apresentação de peças e de vários artistas nacionais) e também o Prêmio Hangar de música brasileira.

Outros eventos bons para que gosta de forró são as vaquejadas; festas marcadas pela disputa de prêmios pelos vaqueiros. Os shows são animados por bandas de sucesso e geralmente acontecem no interior do Estado.

Gastronomia

Sem dúvidas a gastronomia potiguar é uma das principais atrações da cidade sol. Pratos feitos com camarões, frutos do mar e carne de sol estão entre as deliciosas e apetitosas comidas potiguares, com destaque para a sobremesa de doce de caju.
Saiba mais

Para curtir todos os agitos que a cidade oferece, nada como degustar as delícias que tem por aqui. Ou você vai querer perder essa? Apostamos que não. Então, confira as principais iguarias dessa terra.

Frutos do Mar

A culinária potiguar é bastante saborosa e variada, aqui você experimenta os melhores frutos do mar da região nordeste, com destaque para o nosso camarão. Afinal potiguar é uma palavra orginária do tupi e significa: comedor de camarão. Deguste!

Carne de Sol à Moda Potiguar

Iguaria diferenciada principalmente pelos acompanhamentos: farofa d'água ou do sertão, arroz de leite, feijão verde ou de corda, macaxeira (mandioca, aipim) frita ou cozida, salada e manteiga de garrafa. Combinação que rende um sabor inesquecível.

Paçoca

Aqui paçoca não é o doce de amendoim que se conhece no sul. Paçoca é, basicamente, uma farofa composta de pedaços de carne de sol desfiada e farinha de mandioca (mais temperos, como cebola, alho, etc).

Cuzcuz com frango

Prato composto por farelo de milho cozido, temperado com legumes e frango. Uma delícia.

Tapioca

Feita à base de goma de farinha de mandioca, prensada e levemente aquecida em chapa. Pode ser consumida pura ou recheada, geralmente com côco ralado, queijo coalho, carne de sol, frango, ginga, etc.